Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Índios guarani guiam passeios em área de proteção no extremo sul

Dá até para acampar em uma das sete aldeias

Por Guilherme Queiroz Atualizado em 14 fev 2020, 16h00 - Publicado em 3 ago 2018, 06h00

Localizada em uma área de Mata Atlântica nativa com 15 969 hectares no distrito de Parelheiros, no extremo sul do município, a terra indígena Tenondé Porã reúne 1 500 guaranis espalhados por sete aldeias. Com o intuito de estimularem o turismo, as lideranças do local lançaram em junho um plano de visitação para a região. Trata-se da primeira iniciativa desse tipo a ser implementada fora da Região Norte do país. Os passeios duram pelo menos um dia e os interessados devem se organizar em grupos de três a dez pessoas. Existe ainda a opção de acampar em uma das aldeias, com roteiros que duram até quatro dias. Os visitantes precisam agendar a data da visita por meio do site tenondepora.org.br. Confira alguns pontos da experiência indígena.

Artesanato local: artigos como esculturas de madeira, colares, pulseiras e brincos confeccionados pelos guaranis estão em exposição

Comida tradicional: receitas preparadas à base de milho ou batata-doce e outros alimentos são oferecidos aos visitantes

Trilhas ecológicas: monitores indígenas apresentam a região de mata, com rios e cachoeiras, e explicam o modo de vida guarani

Continua após a publicidade
Publicidade