Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Secretário diz que exigências do Tribunal de Contas não são complexas

Jilmar Tatto afirmou ainda que prefeitura reunirá todos os documentos pedidos para entregar na próxima semana

Por Juliana Deodoro Atualizado em 5 dez 2016, 15h20 - Publicado em 9 jan 2014, 13h33

O secretário municipal de Transportes Jilmar Tatto disse nesta quinta-feira (9) que a secretaria apresentará no início da próxima semana todos os documentos exigidos pelo Tribunal de Contas do Município (TCM) para a liberação da licitação dos corredores de ônibus. Na última quarta (8), o TCM suspendeu a licitação que, de acordo com o órgão, foi feita para “evitar possíveis prejuízos ao erário”.

+ Tribunal de Contas suspende novos corredores de ônibus

“Estamos prestando todas as informações ao Tribunal. Vamos responder e esperamos que libere já na semana que vem até porque as informações pedidas não são complexas. Pela importância dessa licitação, o TCM tem acompanhado tudo desde o início”, afirmou Tatto.  Ele disse acreditar que a suspensão não vá atrasar o projeto e anunciou que um trecho do corredor da Avenida 9 de julho será inaugurado em 25 de janeiro, no dia do aniversário da cidade. 

Caso

O Tribunal de Contas do Município avaliou que o projeto básico dos corredores está incompleto e que a prefeitura não comprovou ter recursos orçamentários suficientes para arcar com o custo das obras. Além disso, as regras do edital restringiriam “a competitividade do certame”.

O embargo afeta a construção de 128 quilômetros de corredores em trechos importantes da cidade, como a Avenida Celso Garcia, na Zona Leste, e a 23 de Maio, na Zona Sul. Diferente das faixas de ônibus, os corredores ficam à esquerda da via e são mais velozes para os coletivos, uma vez que sofrem menos interferências de cruzamentos e conversões de outros carros.

+ O que você acha do site da Vejinha? Responda aqui

Continua após a publicidade
Publicidade