Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Por falta de renovação de laudo, Estádio do Canindé é interditado

Clube recebeu a notificação na última segunda-feira (21); Portuguesa está proibida de realizar jogos pela Federação Paulista

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 27 dez 2016, 14h46 - Publicado em 22 nov 2016, 16h45

A Federação Paulista de Futebol interditou o Estádio do Canindé por causa da não renovação do laudo de Condições Sanitárias e de Higiene. O documento da entidade foi assinado pelo vice-presidente do Departamento de Infraestrutura de Estádios, Isidro Suita Martines.

De acordo com o documento, enviado ao clube na segunda-feira (21), a Portuguesa está proibida de realizar qualquer evento esportivo profissional com venda de ingressos organizado pela Federação Paulista de Futebol.

+ Operação prende advogados suspeitos de colaboração com o PCC

Ao ser notificado, o clube agora busca renovar o laudo para liberar o estádio para atuar na Série A-2 do Campeonato Paulista já que os outros laudos são válidos até 2017. Segundo apurou o Estado de S. Paulo, o Canindé não foi vistoriado recentemente e foi interditado apenas pela ausência de renovação do laudo.

A interdição também ocorre poucos dias depois de alguns torcedores organizarem um mutirão para limpar as dependências do Canindé. A ação aconteceu no dia 12 de novembro. Depois, no dia 19, alguns torcedores foram novamente ao local para terminar de recolher o lixo.

Continua após a publicidade
Publicidade