Clique e assine por apenas 6,90/mês

Vai ferver: São Paulo pode bater recorde de calor no fim de semana

O dia mais quente de 2020 até agora foi 27 de janeiro, com 33,7 graus

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 12 set 2020, 12h05 - Publicado em 9 set 2020, 19h38

São Paulo deve ter temperaturas bastante elevadas durante o fim de semana. De acordo com o Climatempo, os termômetros podem chegar aos 35 graus no sábado e aos 33 no domingo no estado. Este pode ser um fim de semana de calor recorde para o ano. O dia mais quente de 2020 até agora foi 27 de janeiro, com 33,7 graus, semelhante a tarde desta última sexta-feira (11), que ficou próxima à marca.

Nas regiões oeste e norte do estado de São Paulo, temperaturas muito elevadas nesta sexta foram registradas no período da tarde, chegando quase aos 40 graus. O calor deste patamar vai ser sentido em diversas cidades do interior paulista também no final de semana.

A umidade relativa do ar também é um ponto de atenção, podendo ficar abaixo de 30% e 20%. A quinta (10) teve a segunda tarde mais seca do ano. A orientação é evitar exposição ao sol nos horários de calor intenso e se hidratar bastante. Com o tempo seco, a poluição também deve aumentar. Saiba quando a chuva deve chegar em São Paulo.

Confira a previsão:

Sábado (12): Sol o dia todo sem nuvens. Noite de tempo aberto. Mínima de 18ºC e máxima de 35ºC

Domingo (13): Sol o dia todo sem nuvens. Noite de tempo aberto. Mínima de 19ºC e máxima de 33ºC

Continua após a publicidade
Publicidade