Quem são os deputados reeleitos em São Paulo com mais ausências

Roberto Engler (PSB) foi o parlamentar com o maior número de faltas na última legislatura: 389 ausências entre 2014 e 2018

O deputado estadual Roberto Engler (PSB) é um dos 43 parlamentares que foram reeleitos nas eleições de 2018 para mais um mandato na Assembleia Legislativa de São Paulo. E, dentre eles, é o que mais faltou do seu trabalho ao longo da última legislatura.

De 2014 a 2018, Engler se ausentou de 389 sessões realizadas na Casa, segundo dados fornecidos pela Assembleia a VEJA SÃO PAULO. Trata-se de um número seis vezes maior em relação a tudo o que o deputado produziu nesse mesmo período em termos de projetos. Nos últimos quatro anos de mandato, o parlamentar foi autor de 62 proposições, entre projetos de lei, de lei complementar, de resolução e de decreto legislativo.

O número de faltas revela ainda que Engler deixou de ir trabalhar, em média, quase 100 vezes por ano durante a última legislatura. A reportagem levou em consideração quatro tipos de ausências previstas no regimento da Assembleia: ausência em sessão extraordinária, ausência não justificada, licença de interesse particular e as ausências justificadas.

Nem sempre essas faltas são descontadas do salário do parlamentar, que, todo mês, recebe 25 300 reais – referente a 75% do salário de um deputado federal. Apenas aquelas que não são justificadas pelo deputado é que são abatidas em seus vencimentos.

De acordo com as normas internas da Assembleia, todo parlamentar tem o direito de faltar a quatro sessões ordinárias por mês. “Eles ainda podem se licenciar por motivos de saúde ou para desempenhar missão diplomática ou cultural”, informou a assessoria de imprensa da Assembleia por meio de nota.

Político de Franca, Engler atuou grande parte do tempo no PSDB, partido ao qual foi filiado por 28 anos. Em abril de 2018, decidiu mudar para o PSB, do então governador Márcio França. O que se diz é que Engler deixou a legenda por desentendimentos com João Doria, hoje governador do Estado.

Roberto Engler foi o deputado estadual reeleito com o maior número de faltas na última legislatura

Roberto Engler foi o deputado estadual reeleito com o maior número de faltas na última legislatura (Divulgação/Facebook/Veja SP)

Um tucano que foi muito próximo a Engler afirmou que o deputado sempre esteve muito distante e pouco aparecia na Assembleia. Em 2019, o parlamentar inicia o seu oitavo mandato consecutivo. Ele chegou à Casa pela primeira vez em 1990.

Procurado, Engler não respondeu às nossas perguntas até o fechamento desta reportagem.

Os deputados estaduais têm um papel semelhante ao desempenhado pelos parlamentares do nível federal. A diferença é que ficam restritos a assuntos regionais. A Constituição Federal de 1988 estabeleceu que esses parlamentares têm “competência residual”, isto é, ficarão responsáveis apenas por temas que não sejam da alçada da União, ou dos municípios.

Dentro dessas limitações, cabem aos deputados estaduais criar leis para instituir, por exemplo, tributos estaduais, fiscalizar a gestão do governador, elaborar o orçamento estadual e destinar emendas parlamentares às regiões que os representam.

Veja o ranking dos deputados reeleitos que mais faltaram na última legislatura:

DEPUTADO TOTAL DE FALTAS
Roberto Engler (PSB) 398
Fernando Cury (PPS) 239
Rafael Silva (PSB) 239
Roque Barbiere (PTB) 235
Léo Oliveira (MDB) 219
Barros Munhoz (PSB) 217
Maria Lucia Amary (PSDB) 213
Sebastião Santos (PRB) 210
Reinaldo Alguz (PV) 209
Rodrigo Moraes (DEM) 204
Analice Fernandes (PSDB) 202
Caio França (PSB) 192
Roberto Morais  (PPS) 187
Teonilio Barba (PT) 186
Paulo Correa Junior (Patri) 185
Márcia Lia (PT) 175
Estevam Galvão (DEM) 174
Campos Machado (PTB) 172
Edmir Chedid (DEM) 164
Itamar Borges (MDB) 163
Marcos Zerbini (PSDB) 161
Carlos Cezar (PSDB) 152
Gilmaci Santos (PRB) 149
Jorge Caruso (MDB) 145
Leci Brandão (PCdoB) 145
Luiz Fernando (PT) 145
Marta Costa (PSD) 134
Enio Tatto (PT) 126
Ricardo Madalena (PR) 126
José Américo (PT) 114
Ed Thomas (PSB) 113
Milton Leite Filho (DEM) 112
Carlão Pignatari (PSDB) 109
Carlos Gianazzi (PSOL) 102
Jorge Wilson Xerife do Consumidor (PRB) 99
Rogério Nogueira (DEM) 97
André do Prado (PR) 92
Delegado Olim (PP) 90
Coronel Telhada (PP) 84
Marcos Damasio (PR) 84
Wellington Moura (PRB) 78
Cauê Macris (PSDB) 40
Alexandre Pereira (PSD) 20

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s