Protestos contra cortes na educação geram mobilização no Twitter

Internautas compartilharam montagem com a palavra "greve", seguida pelo nome de um poeta brasileiro

Os protestos contra os corte no orçamento do Ministério da Educação (MEC) anunciados pelo presidente Jair Bolsonaro motivaram uma mobilização no Twitter.

Na rede social, vários internautas compartilharam uma montagem com a palavra “greve” junto com a hashtag “Augusto de Campos”, poeta brasileiro considerado um dos principais representantes do concretismo. O assunto está entre os mais comentados no Twitter no Brasil.

Segundo o G1, universidades e instituições de vinte estados aderiram à paralisação marcada para esta quarta-feira (15). O Ministério da Educação não descarta realizar mais bloqueios no orçamento da pasta.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s