Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Governo paulista anuncia 100 000 bolsas-auxílio para desempregados

Inicialmente, interessados poderão receber recursos frequentando cursos profissionalizantes

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 22 fev 2021, 14h21 - Publicado em 22 fev 2021, 14h20

O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (22) iniciativas para desempregados paulistas. De acordo com o tucano, a gestão dará início a um programa de auxílio que deve beneficiar 100 000 cidadãos até o final do ano.

Em um primeiro momento, o governo promete pagar cerca de 210 reais para pessoas que frequentem cursos de capacitação profissional do Via Rápida, programa do governo paulista. Além dessa parcela, a gestão prevê também o pagamento de 450 reais mensais por cinco meses para paulistas com dificuldades financeiras, por meio de empregos de meio período que serão ofertados pelo governo.

O auxílio com as parcelas de 450 reais depende da aprovação do projeto na Assembleia Legislativa de São Paulo, que deve ser enviado para a Casa ainda nesta semana. “São 100 000 vagas de emprego e oportunidade de trabalho. 30 000 serão abertas já a partir da próxima semana, a partir de 1º de março, e outras 70 000 a partir de 1º de maio”, disse Doria.

Para o Via Rápida os alunos que se inscreverem nos cursos de qualificação vão receber o auxílio de 210 reais após 10 dias do início das aulas. Os cursos devem ocorrer tanto de maneira presencial quanto remota. Mais informações podem ser encontradas aqui.

Para receber o auxílio o estudante deve ser maior de 16 anos, estar desempregado e morar no estado de São Paulo.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade