Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Professora do Colégio Rio Branco vai passar por cirurgia hoje

Estado de saúde de Adriana Pesqueira é considerado grave

Por Redação Veja São Paulo Atualizado em 5 dez 2016, 15h24 - Publicado em 4 dez 2013, 19h53

O estado de saúde da professora Adriana Pesqueira de Freitas Galvão César, de 39 anos, que foi baleada em uma tentativa de assalto na manhã de quarta-feira (4), é considerado grave pelo Hospital Leforte, onde ela está internada. Adriana permanece na UTI e é acompanhada por quatro equipes médicas: emergencial, terapia intensiva, traumatismo e neurologia. Ela vai passar por uma neurocirurgia no fim da tarde desta quinta-feira (5).

Adriana dá aula na área de Educação Infantil da unidade Granja Viana do Colégio Rio Branco, em Cotia, na Grande São Paulo. A professora saiu de casa na Vila São Francisco, na Zona Oeste, e seguia em direção ao trabalho quando foi abordada por assaltantes na Rua José do Patrocínio Waetge, em Rio Pequeno.

Ela tentou desviar seu Hyundai Vera Cruz e bateu em um Corsa, que colidiu com um Fiat e outro veículo estacionado. A batida terminou em um portão de uma casa próxima. Os bandidos fizeram o disparo e conseguiram fugir. 

Publicidade