Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

PM prende professor suspeito de plantar maconha em São Paulo

Polícia Militar cumpriu mandado de busca e apreensão na residência em Ribeirão Pires, na sexta (24)

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 25 fev 2017, 16h50 - Publicado em 25 fev 2017, 16h44

A Polícia Militar prendeu na sexta passada (24) um professor por suspeita de tráfico de drogas em Ribeirão Pires, na região da Grande São Paulo. Após uma denúncia anônima, profissionais encontraram e apreenderam catorze plantas idênticas a pés de maconha na casa dele. Os soldados entraram na residência com um mandado de busca e apreensão autorizado pela Justiça.

A plantação e o professor foram encaminhados para o 1º Distrito Policial (DP) da cidade. As plantas passarão por perícia para comprovar se são mesmo pés de maconha. O docente foi liberado após prestar depoimento. O caso foi registrado como “apreensão de objeto”, segundo informou a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo.

Ele falou que não traficava, mas usava para o próprio consumo“, contou a tenente Fernanda de Oliveira, responsável por cumprir o mandato de busca e apreensão na residência do professor, ao G1.

Publicidade