Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Como ficam as temperaturas em São Paulo na última semana do verão?

Neste domingo (15), a cidade registra pancadas de chuva à tarde e temperaturas elevadas: a máxima é de 32ºC e a mínima permanece em 19ºC. Saiba mais

Por Redação VEJA São Paulo 15 mar 2020, 10h36

Esqueça o friozinho das últimas semanas: o sol e o calor deste fim de semana devem permanecer em São Paulo pelos próximos dias. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da prefeitura de São Paulo, a última semana do verão deverá ser marcada pelas altas temperaturas e pelas chuvas isoladas — típico da estação mais quente do ano.

Neste domingo (15), a cidade registra pancadas de chuva à tarde e temperaturas elevadas: a máxima é de 32ºC e a mínima permanece em 19ºC. A chegada de uma brisa marítima provoca o aumento de nebulosidade na capital paulista, manifestando-se na forma de pancadas isoladas.

Os próximos dias seguem a tendência de temperaturas altas: a segunda-feira registrará uma máxima de 32ºC, com sol e aumento de nuvens pela manhã segundo o Climatempo. A mínima permanece em 19ºC. Este será o dia mais quente da semana, com as outras máximas ficando entre 29ºC e 30ºC. Entre o final da tarde e o início da noite, a propagação de áreas de instabilidade provoca chuvas na forma de pancadas, com trovoadas, rajadas de vento e potencial para formação de alagamentos na Grande São Paulo.

A boa notícia? De acordo com os profissionais da Climatempo, a chance de ver um arco-íris nos céus de São Paulo é alta durante a última semana de verão: especialmente na segunda (16), terça (17), quarta (18) e quinta-feira (19). Programe-se!

  • Continua após a publicidade
    Publicidade