Clique e assine por apenas 6,90/mês

Prefeitura emite estado de alerta para baixo nível de umidade do ar

Índice chega a 20% e corre risco de baixar ainda mais; confira como ficam os próximos dias

Por Guilherme Queiroz - Atualizado em 11 Sep 2019, 16h38 - Publicado em 11 Sep 2019, 16h32

A Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo (CGE) emitiu na tarde desta quarta-feira (11) um alerta para o baixo nível de umidade do ar.

“A umidade se aproxima dos 20% em todas as regiões, com tendência ao declínio”, disse o comunicado pelo Twitter do órgão. Com o fenômeno, é recomendado que os paulistanos fiquem atentos à hidratação e bebam muita água.

Para quem sofre com doenças respiratórias, é recomendado o uso do soro fisiológico a fim de umidificar as vias respiratórias. Evite também sair no sol quente, que ainda atinge a capital nesta tarde.

Mas por que o nível de umidade ficou tão baixo? “O inverno geralmente é um período de diminuição de chuvas e clima seco, é quando a umidade mais cai durante o ano”, afirma o meteorologista do Climatempo Aquiles Sales.

Nesta semana, em especial, outros fatores contribuíram para a situação. “Estamos enfrentando uma massa de ar seco e quente”, diz Sales.

Na quinta-feira (12), deve seguir o calor, mas a chegada de uma frente fria pode causar pancadas de chuva e o ar ganha umidade até sábado (14).

Continua após a publicidade

A situação muda no domingo (15). “Volta a massa de ar seco. Esperamos um começo de primavera com muito sol, calor, e umidade baixa”, explica o meteorologista.

Publicidade