Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Polícia prende suspeito de matar mulher que sumiu após sair de carro

Raimundo Nonato da Silva Pessoa confessou à polícia o crime e foi preso neste domingo (21); Susana Dias Batista foi encontrada em área de mata

Por Redação VEJA São Paulo 22 nov 2021, 14h22

Foi preso na noite de domingo (21) Raimundo Nonato da Silva Pessoa, suspeito de roubar e matar Susana Dias Batista, de 47 anos. Susana desapareceu no último dia 17 e foi encontrada morta e seminua em matagal no dia seguinte. O suspeito confessou o homicídio, mas negou violência sexual. A polícia investiga se houve estupro.

Raimundo, que trabalhava como pedreiro, foi visto por câmeras de segurança da região antes e depois do crime. Susana havia ido almoçar por volta das 14h30 dirigindo uma picape, que foi encontrada abandonada na Avenida Wenceslau Brás uma hora depois.

De acordo com a Polícia Civil, Susana foi encontrada no dia seguinte na margem da Rodovia Vereador Humberto Pellegrini com hematomas no rosto e usando somente roupas íntimas. A causa da morte ainda está sendo investigada.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Continua após a publicidade

Publicidade