Continua após publicidade

Polícia apreende máquina de choque usada por mulher para torturar filho

Os investigadores acreditam que as agressões iniciaram após a mulher descobrir a orientação sexual do filho

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 Maio 2024, 21h27 - Publicado em 8 out 2022, 18h44

Na sexta-feira (7), a Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça e apreendeu uma máquina de choque usada por uma mulher de 33 anos para torturar o próprio filho, de 15, em Lençóis Paulista, interior de São Paulo.

+ Crianças recebem fígado doado pelas mães, mas fila de transplante é longa

Segundo informações do G1, o adolescente também teria sido agredido com um cabo de vassoura.

Os investigadores acreditam que as agressões iniciaram após a mulher descobrir a orientação sexual do filho.

De acordo com a Polícia, a mulher foi levada à delegacia e confessou o crime, dizendo que só parou de agredir o filho quando o garoto tirou a máquina de suas mãos.

Continua após a publicidade

Ela não foi presa, mas é investigada por tortura. O adolescente foi morar com o pai.

+ Assine a Vejinha a partir de 9,90.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.