Continua após publicidade

Grupo de pequenos filantropos paulistanos levanta R$ 1 milhão em 2 anos

O projeto One Goal, ou “Uma Meta”, surgiu em setembro de 2020, quando a pandemia levou muita gente a abraçar a solidariedade

Por pppedroccc
Atualizado em 27 Maio 2024, 21h17 - Publicado em 17 nov 2022, 20h00

Eles ainda frequentam o colégio e praticam atividades típicas de crianças, mas têm causado um impacto social de gente grande. Quase sem a ajuda dos adultos, passaram a organizar campanhas para arrecadar doações a causas sociais e amigos em dificuldades. Em dois anos, graças a parcerias com marcas e celebridades (e a uma forcinha de alguns bons contatos), essa turma de pequenos filantropos paulistanos levantou ao todo mais de 1 milhão de reais.

+ A Bolsa de Valores mudou: pregão ficou mais jovem, feminino e democrático

A iniciativa se chama One Goal, ou “Uma Meta”, em inglês. Surgiu em setembro de 2020, quando a pandemia levou muita gente a abraçar a solidariedade. A ideia nasceu na casa da família de Samantha e André Schwartz, CEO e sócio do Banco Genial. As quatro filhas do casal são fundadoras da One Goal: Carolina (17 anos), Julia (16), Manuela (13) e a pequena Catarina (6). Participa também o namorado da mais velha, Carlos Eduardo (17).

A proposta é simples: uma meta por mês. Os objetivos variam — vão desde ajudar moradores de Petrópolis (RJ) atingidos pelas chuvas até juntar uma poupança para um amigo estudar fora do país. “Queríamos um formato diferente. Fizemos um brainstorm e bolamos as campanhas mensais”, diz Carolina.

A sacada deu certo. Empresas como Track&Field, Pátria Investimentos, Natural One e Alta Diagnósticos se tornaram patrocinadoras das ações. Famosos como o ex-jogador Kaká também apadrinharam a iniciativa. “Sempre tem alguém que conhece alguém… Aí conseguimos chegar no pessoal”, diz Julia.

Continua após a publicidade

São os próprios jovens que fazem as reuniões com os executivos das empresas e organizam a logística das doações. Julia e Manuela ficam a cargo das redes sociais, os mais velhos montam as propostas de patrocínio e até a caçula Catarina dá uma força — ela ajudou a preparar as cestas de uma caça a ovos de Páscoa filantrópica na escola bilíngue onde estudam. Tocam a One Goal nos raros momentos livres entre o colégio e as atividades diárias, como balé, piano e tênis.

+ Jovens colecionadores de arte montam acervos pessoais sem gastar fortunas

Na campanha atual, estão vendendo camisetas (170 reais) e velas (kit a 200 reais) com tema da seleção brasileira para ajudar projetos sociais. “Nossos amigos compraram mais de 300 camisetas e 200 velas”, diz Manuela. “O projeto nos ensinou que nem todos têm as mesmas oportunidades”, conclui Julia.

+ Assine a Vejinha a partir de 9,90.

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.