Continua após publicidade

Pai é suspeito de ter matado mulher encontrada em mala na Zona Leste

Ele seria traficante e teria estrangulado Hellen Cristina Pereira, de 28 anos, com um fio elétrico porque ela não queria deixar a casa onde morava com uma amante

Por Redação VEJASÃOPAULO.COM
Atualizado em 5 dez 2016, 14h33 - Publicado em 28 abr 2014, 12h53

Os policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) acreditam que a atendente Hellen Cristina Rodrigues Pereira de Castro, de 28 anos, – encontrada morta dentro de uma mala no dia 13 de abril em um terreno baldio de Fazenda do Carmo, na Zona Leste de São Paulo – foi estrangulada pelo próprio pai, que seria traficante e estaria foragido.

+ Polícia identifica mulher encontrada dentro de mala na Zona Leste

Hellen estava amarrada com fios e cabos elétricos no pescoço. Esse material foi encontrado na casa onde a atendente morava com o pai e sua amante. No imóvel também foram achadas partes do mesmo saco preto que envolvia o corpo. Havia ainda um carro e duas bombas de água roubadas, além de maconha e cocaína.

De acordo com a polícia, o traficante estaria forçando a filha a deixar a residência. A negativa dela em se mudar do imóvel teria motivado o crime.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.