Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Pai toca Beatles para filho à beira da morte

Bebê nascido de 24 semanas morreu noite de quarta-feira. Mãe havia falecido após ter dado à luz

Por Veja São Paulo Atualizado em 5 dez 2016, 13h49 - Publicado em 14 nov 2014, 10h31

A triste história do americano Chris Picco ganhou o mundo nesta semana quando um vídeo em que aparece tocando Blackbird, dos Beatles, para o seu filho recém-nascido foi divulgado na internet.

O rapaz perdeu a esposa, Ashley, de 30 anos, pouco depois de ela dar à luz. No vídeo divulgado por amigos de Chris para ajudar a custear o funeral (foram arrecadados 64 mil dólares), ele aparece tocando para o pequeno Lennon, que nasceu prematuro de 24 semanas – a gravidez completa dura, em média, 40 semanas. A música versa sobre superar dificuldades.

 

O drama de Chris aumentou na noite de quarta-feira (12) quando Lennon, que apresentava pouca atividade cerebral, morreu.

Em nota, ele descreveu a dor de perder o filho: “É com dor inimaginável que eu escrevo isso. O meu pequeno lutador, Lennon James Picco adormeceu nos braços do pai ontem à noite. Ele estava cercado pela família, pelos melhores médicos e enfermeiras em todo o mundo. Vestia uma roupinha que Ashley comprara para ele – com estampas de guitarrinhas – enrolado em um cobertor feito por um de nossos queridos amigos. Sou muito grato pelos quatro dias inesquecíveis que pude passar com ele. A mãe dele ficaria tão exultante se pudesse tê-lo visto, segurado, dado banho e cantado para ele – privilégios que eu tive. Fui tão abençoado e honrado por amá-lo antes mesmo de nascer, de acalentá-lo enquanto a mãe o carregava no ventre, poder vê-lo face a face, e segurar seu corpinho enquanto ele se despedia”.

Continua após a publicidade

Publicidade