Clique e assine por apenas 6,90/mês

Saiba onde dançar funk em São Paulo

O estilo está em alta na cidade e até casas sertanejas oferecem noite para os MCs

Por Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em 1 Jun 2017, 17h49 - Publicado em 27 Feb 2013, 18h34

Pode ser carioca ou paulista, proibidão ou ostentação. O que importa é que em São Paulo não faltam opções de casas para ouvir e dançar o melhor do funk. VEJA SÃO PAULO selecionou alguns endereços que não podem faltar na lista para ouvir o pancadão.

+ Funk Ostentação troca violência por luxo

Royal

No espaço, o som predominante é house e black music, mas o funk também tem vez. Para garantir, dê preferência para à noite de quinta-feira, a Royal Live, que é dedicada ao estilo. Pela pista, já passaram Naldo, Mc Leozinho, Sapão e até o cantor americano Ja Rule, que comerou seu aniversário por lá.

Eazy

DJ Marlboro nas pickups da Eazy
DJ Marlboro nas pickups da Eazy

A casa é bem eclética e seu público também. A programação tem um dia reservado ao pancadão carioca: a Sensual Eazy, às segundas. Entre os habitués, está o DJ Marlboro que em quase toda edição assume os pick-ups.

Lions

Lions
Lions

Groovelicious é a noite de hip-hop que também abre espaço para o funk e outros estilos, às quintas-feiras. Boa oportuniade para aproveitar o clima da casa, mais conhecida pelas festas eletrônicas.

Outlaws

Show-Buchecha
Show-Buchecha

Desde o fim do ano passado, o clube do sertanejo Luan Santana e do empresário Marcus Buaiz abriu espaço para outros estilos musicais. O funkeiro Buchecha começou a se apresentar às quintas e o resultado agradou tanto os proprietários que o carioca ganhou a noite fixa, batizada de Baile do Buchecha.

 

Publicidade