Continua após publicidade

No ar em Segundo Sol, Letícia Colin fala abertamente sobre sexualidade

A personagem Rosa tem transformado as percepções da atriz paulista

Por Tatiane de Assis Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 5 ago 2018, 18h07 - Publicado em 5 ago 2018, 18h05

Interpretar uma prostituta em Segundo Sol, novela escrito por João Emanuel Carneiro e exibida na faixa das nove, fez com que a atriz Letícia Colin pensasse mais sobre sua sexualidade.

“Tive criação católica, conhecer a sexualidade e lidar com ela livremente leva tempo”, disse a paulista ao jornal Extra. Se deparar com o preconceito da família contra a personagem, que tem o nome de Rosa, também impactou a atriz.

“Óbvio que ela não imaginou que não seria bem recebida. O sistema, antigo e preconceituoso, acha que a mulher que trabalha com sexualidade não tem valor. E não é assim. A pessoa tem dignidade”, disparou.

Letícia ainda destacou o que tem percebido durante seus estudos sobre o tema: “Percebi que sexualidade é poder, força, direito, expressão”, para depois completar: “Esse papel está me transformando profundamente, é uma jornada pessoal”.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.