Clique e assine por apenas 5,90/mês

Músicas que foram compostas em ruas de São Paulo

Confira quatro canções que são paulistanas de nascimento 

Por Mauricio Xavier [Colaborou Mariana Rosário] - Atualizado em 1 jun 2017, 15h50 - Publicado em 18 nov 2016, 23h00

Além de musa inspiradora, a cidade de São Paulo foi palco para a criação de incontáveis versos e acordes que se tornaram clássicos na música popular e no rock brasileiro. Artistas e integrantes de bandas famosas utilizaram ruas e avenidas célebres da capital como cenário no momento de compor alguns de seus maiores hits. Confira quatro canções que são paulistanas de nascimento e os locais onde elas foram concebidas.

+ São Paulo aparece em mais de 3 000 músicas

Augusta, Angélica e Consolação (Tom Zé)

Todos os Olhos
Todos os Olhos

Local de nascimento: Avenida Angélica, Higienópolis

Compositor: Tom Zé

Disco: Todos os Olhos

Ano: 1973

Inútil (Ultraje a Rigor)

Inútil/Mim Quer Tocar
Inútil/Mim Quer Tocar

Local de nascimento: Alameda Ministro Rocha Azevedo, Cerqueira César

Compositor: Roger Moreira

Disco: Inútil/Mim Quer Tocar

Continua após a publicidade

Ano: 1983

AA UU (Titãs)

Cabeça Dinossauro
Cabeça Dinossauro

Local de nascimento: Rua Cristiano Viana, Pinheiros

Compositores: Sérgio Britto e Marcelo Fromer

Disco: Cabeça Dinossauro

Ano: 1986

Tarde Vazia (Ira!)

Clandestino, do Ira
Clandestino, do Ira

Local de nascimento: Rua Cunha Gago, Pinheiros

Compositores: Edgard Scandurra e Ricardo Gaspa

Disco: Clandestino

Ano: 1990

Continua após a publicidade
Publicidade