Clique e assine por apenas 6,90/mês

O que você precisa saber sobre o novo trânsito no Aeroporto de Congonhas

A circulação de veículos no entorno do endereço mudou; confira dicas

Por Matheus Prado - 20 Mar 2019, 14h55

A circulação de carros no entorno do Aeroporto de Congonhas mudou – e mais de uma vez. Em menos de uma semana, a Secretaria de Mobilidade e Transportes (SMT) alterou duas vezes a dinâmica entre táxis e veículos particulares e de aplicativos. Resultado: trânsito, desinformação e aumento na espera para conseguir um automóvel.

Desde terça-feira (19), o novo sistema, acordado em reunião entre SMT, Infraero e representantes dos aplicativos e dos taxistas, determina que todas as categorias devem desembarcar passageiros na zona de embarque e check-in do aeroporto, na Praça Comandante Linneu Gomes.

Na hora deixar o local, passageiros de táxi devem se dirigir apenas ao piso superior. Há veículos credenciados de todas as categorias (comum, luxo, comum rádio, vermelho e branco e acessível). A frota também foi ampliada de 1 000 para 1 250 carros. A exceção será uma vaga para táxi acessível que permanecerá no piso inferior para garantir o embarque de passageiros com deficiência em qualquer um dos pontos.

Passageiros aguardam carros de aplicativo Matheus Prado/Veja SP

Carros particulares e de aplicativo deverão buscar passageiros no piso inferior. Para facilitar o encontro entre o motorista e o cliente, foram estabelecidos dois pontos de encontro: A e B. O primeiro fica no início do túnel e o segundo, próximo à saída. Devido ao grande volume de veículos, agentes da CET não deixarão que se crie fila no andar de baixo.

Continua após a publicidade

A primeira versão da mudança, posta em prática na última sexta (15), havia estabelecido que os táxis teriam direito a embarcar e desembarcar passageiros no andar de cima, além de cinco vagas no piso inferior. Carros de passeio e aplicativos deveriam deixar pessoas na área de embarque, na Praça Comandante Linneu Gomes, e buscá-los no andar inferior do desembarque. Porém, ocorreram algumas mudanças. Confira como ficou o esquema:

PISO SUPERIOR

Embarque de passageiros em táxis credenciados (comum, luxo, comum rádio, vermelho e branco e acessível)

PISO INFERIOR

Continua após a publicidade

Embarque de passageiros em carros particulares e de aplicativo
Embarque de passageiros em táxis de aplicativo (99, Easy, SPTaxi)
Embarque de passageiros em táxi acessível

CHECK-IN

Desembarque de todos os passageiros

Publicidade