Clique e assine por apenas 6,90/mês

Cantora Miúcha morre aos 81 anos no Rio de Janeiro

Irmã de Chico Buarque, ela tratava um câncer e e foi internada nesta quinta-feira (27)

Por Redação VEJA São Paulo - 27 Dec 2018, 19h09

A cantora e compositora Heloísa Maria Buarque de Holland, mais conhecida como Miúcha, morreu aos 81 anos na tarde desta quinta-feira (27) após sofrer uma parada respiratória. Irmã de Chico Buarque, ela tratava um câncer.

Filha do historiador e jornalista Sérgio Buarque de Hollanda e da pintora e pianista Maria Amélia Cesário Alvim, Miúcha deixa a filha, também cantora, Bebel Gilberto, do casamento com o músico João Gilberto.

Parceira de Tom Jobim em dois discos, Miúcha nasceu em 30 de novembro de 1937 no Rio de Janeiro e se mudou para São paulo ao lado da família aos 8 anos de idade. A paixão pela música surgiu ainda na infância, e a cantora chegou a formar um grupo musical com seus irmãos, incluindo Chico Buarque. Aprendeu a tocar violão com Vinicius de Moraes e, nos anos 60, estudou História da Arte em Paris, na École du Louvre. Ela lançou 14 álbuns ao longo dos 40 anos de carreira.

Em 19 de dezembro, Bebel Gilberto compartilhou em seu Twitter um pedido de desculpas. A cantora precisou cancelar um show na Filadélfia, nos Estados Unidos, por razões de “uma emergência médica na família”. A apresentação foi adiada para 21 de junho de 2019. 

Continua após a publicidade

Publicidade