Continua após publicidade

Meninas foram mortas e depois estupradas, diz polícia

Adrielly Mel Severo e Beatriz Moreira dos Santos haviam sumido em setembro e foram encontradas dentro de um carro abandonado

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
20 out 2017, 18h00

Em entrevista coletiva nesta sexta (20), o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa afirmou que as duas meninas encontradas mortas na Zona Leste foram estupradas.

Em depoimento, os suspeitos disseram que as duas foram assassinadas antes do abuso. Marcelo Pereira de Souza – que confessou o envolvimento no crime e já tinha passagem por estupro – e Everaldo Jesus Santos foram presos na manhã desta sexta (20).

Ainda de acordo com a polícia, eram eles os homens que chegaram a ser torturados por participação no crime, na segunda (16).

Continua após a publicidade

Adrielly Mel Severo e Beatriz Moreira dos Santos haviam sumido em setembro e foram encontradas dentro de um Fiat Fiorino abandonado no Jardim Lapena, no último dia 12. Ambas tinham 3 anos de idade. O sepultamento aconteceu nesta tarde, no Cemitério Jardim da Saudade.

(com informações de Estadão Conteúdo)

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.