Clique e assine por apenas 6,90/mês

Malafaia rasga o verbo e ataca Mourão

Pastor criticou declarações dadas pelo vice-presidente, que defendeu que as mulheres tenham liberdade para decidir sobre aborto

Por Redação VEJA São Paulo - 2 Feb 2019, 15h42

O pastor Silas Malafaia rasgou o verbo neste sábado (2) para fazer críticas ao vice-presidente, o general Hamilton Mourão (PRB).

Malafaia é um dos principais líderes religiosos do país e foi um dos maiores apoiadores da candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência nas eleições de 2018.

O pastor atacou Mourão pelo fato de o vice ter se manifestado a favor de as mulheres terem a liberdade de optar pelo aborto. Em um vídeo divulgado no Youtube com o título “O jogo sujo contra Bolsonaro que Mourão está aceitando”, Malafaia diz que as declarações de Mourão causam espanto.

Na gravação, o pastor insinua que o vice-presidente apoia a agenda do que chamou de “esquerdopatas”.

Continua após a publicidade

Assista ao vídeo:

No Twitter, Malafaia ainda escreveu: Se o General Mourão, antes da eleição, abrisse a boca para falar que apoiava aborto, jamais seria o vice”.

Na sexta-feira, Mourão afirmou em entrevista ao jornal O Globo que era a favor de as mulheres terem a liberdade de escolher se querem ou não realizar o aborto, caso entendam não ter condições de manter um filho.

Publicidade