Lula deixa sindicato a pé, sob proteção da Polícia Federal

Neste momento, ele segue para o Aeroporto de Congonhas, onde deve embarcar rumo à PF de Curitiba

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou finalmente o Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, no ABC, às 18h45 deste sábado (7).

Ao contrário da primeira tentativa, em que ele tentou sair de carro, acompanhado dos advogados, desta vez ele saiu a pé, amparado por um cordão de isolamento formado por agentes federais e policiais militares.

O petista caminhou até a rua atrás do sindicato e entrou em um dos carros da Polícia Federal. Neste momento, ele e os advogados, escoltados pela PF e pela Polícia Militar, seguem diretamente para o Aeroporto de Congonhas, rumo a Curitiba. A ideia era ir primeiro à PF da Lapa, na Zona Oeste, onde faria o exame de corpo de delito, mas a estratégia foi modificada, provavelmente devido ao horário.

Por volta das 17h, Lula tentou sair do sindicato de carro, mas foi impedido por manifestantes. Minutos depois, os aliados do petista subiram no carro de som para convencer os militantes a deixar o local e deixarem o ex-presidente sair; caso contrário, ele poderia ser responsabilizado e, assim, complicar ainda mais sua situação.

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s