Clique e assine por apenas 5,90/mês

Prefeitos do litoral vão fazer ‘blitz sanitária’ no feriado por Covid-19

A ideia é criar bloqueio de orientação, sem proibir a passagem de carros efetivamente

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 4 set 2020, 18h54 - Publicado em 4 set 2020, 18h52

Durante o feriado do dia 7 de setembro, as praias do litoral sul e norte estão liberadas para o uso. No entanto, prefeitos do litoral norte irão criar bloqueios sanitários de orientação, mas sem barrar carros efetivamente

Temendo as superlotações das praias, as prefeituras de Caraguatatuba, Ilhabela, Ubatuba e São Sebastião criaram medidas para controlar e evitar a disseminação da Covid-19 durante o feriado nos seus territórios. 

Prefeitos do litoral sul também temem uma possível lotação excessiva das praias. As autoridades pediram ajuda do governador do estado para atenuar o fluxo e possíveis consequências à saúde local. 

Na coletiva dada no Palácio dos Bandeirantes, João Doria fez um apelo: “Você que está nos assistindo, nos ouvindo ou nos lendo, por favor, tenha cuidado. Não faça aglomerações em parte alguma. Aglomerações colocam em risco a sua vida, sua saúde e a de outras pessoas.”  

Além disso, relembrou que o uso da máscara é lei no estado e obrigatório “para autoridades e não autoridades, cidadãos pobres ou ricos”. Por fim, comunicou que governo apoiará os municípios que solicitarem formalmente apoio do estado.

Continua após a publicidade
Publicidade