Continua após publicidade

Justiça decreta prisão temporária de donos de escola na Zona Sul

O lugar foi denunciado por maus tratos por uma ex-professora, que divulgou vídeos

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
26 jun 2023, 11h56

A Justiça decretou a prisão temporária dos donos da escola particular Pequiá, localizada no Cambuci, Zona Sul, que teve vídeos de supostos maus tratos divulgados nas últimas semanas. 

+Maquinista morre durante ataque a tiros na estação da Luz da CPTM

A denúncia foi feita por uma ex-professora da instituição. Em um dos vídeos um menino é amarrado a uma espécie de poste por ter feito xixi nas calças. Em outro, uma mulher grita com uma criança de um ano, a obrigando a guardar os brinquedos na caixa. Em outro vídeo, a professora grita com um aluno e o chama de louco. 

Segundo o delegado do caso Fábio Daré, caso os donos da escola não sejam localizados ou se entreguem à Polícia Civil nesta segunda-feira (26), eles serão considerados foragidos da Justiça.

Continua após a publicidade

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a Polícia Civil realiza diligências para localizar e prender os responsáveis.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.