Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Filho posta nova foto de Jair Bolsonaro no hospital

Médicos gastrocirurgiões avaliam que o candidato dificilmente será liberado para campanhas de rua antes do primeiro turno

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 8 set 2018, 13h11 - Publicado em 8 set 2018, 12h44

Na manhã deste sábado (8), o filho de Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, postou uma foto do presidenciável no hospital. Na legenda, afirma que seu pai segue “evoluindo e começou agora a fisioterapia”.

View this post on Instagram

Meu pai segue evoluindo e começou agora a fisioterapia. Muito obrigado a todos pela força e pelas orações! Pessoal do Rio de Janeiro, amanhã (domingo), às 11:00, no posto 6, tem ato pela vida de Bolsonaro, em Copacabana. Em breve mais detalhes, tá ok?!

A post shared by Flávio Bolsonaro (@flaviobolsonaro) on

BOLETIM MÉDICO

O candidato à Presidência pelo PSL Jair Bolsonaro se mantém “consciente e em boas condições clínicas”, segundo o mais recente boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein divulgado na manhã deste sábado (8). O documento informa que o quadro é estável e o paciente pode ser movimentado da cama para a poltrona.

Nas últimas 24 horas, Bolsonaro não teve febre ou sinais de infecção e tem boa situação cardiovascular e pulmonar. Ele mantém jejum oral e está sendo alimentado por via endovenosa. “Está mantida a continuidade no tratamento clínico com boa evolução, sem necessidade de procedimento no momento”, diz o documento.

Continua após a publicidade

O presidenciável está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde a tarde de sexta-feira, 7, após ter sido transferido da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG), onde se recuperava da facada que levou em ato de campanha.

Líder nas pesquisas de intenção de votos, o candidato era carregado na região central da cidade quando foi golpeado na altura do abdome por seu agressor, identificado como Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos, que foi preso.

O candidato sofreu um único golpe de faca que perfurou em três partes o intestino delgado, provocando traumatismo abdominal e hemorragia interna.

FUTURO DA CAMPANHA NO PRIMEIRO TURNO

Gastrocirurgiões ouvidos pelo jornal ‘O Estado de S. Paulo’ avaliam que, dificilmente, Jair Bolsonaro será liberado pelos médicos a fazer campanha de rua antes do primeiro turno das eleições 2018, marcado para 7 de outubro.

Em geral, pacientes com quadro similar ao do presidenciável só são autorizados a retornar ao trabalho e às atividades normais no período de um a dois meses após a operação.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)