Clique e assine com até 89% de desconto

À espera de um milagre

Há dezoito religiosos com atuação em São Paulo em processo para a canonização

Por Mauricio Xavier [com reportagem de Daniel Salles, Isabella Villalba e Nathalia Zaccaro] Atualizado em 5 dez 2016, 17h57 - Publicado em 25 jun 2011, 00h50

Beatificada em 22 de maio em Salvador, Irmã Dulce alcançou o penúltimo degrau para a canonização.

Segundo as regras do Vaticano, o candidato a santo precisa passar por três níveis anteriores: servo de Deus, venerável e beato.

Existem em curso dezoito processos envolvendo religiosos que tiveram atuação em São Paulo. São dois beatos e uma venerável (veja acima), além de quinze servos de Deus.

A santificação, até hoje, só foi alcançada por Madre Paulina, em 2002, e por Frei Galvão, em 2007.

Para se tornar beato, é preciso comprovar a realização de um milagre. Para santo, são no mínimo dois.

Continua após a publicidade
Publicidade