Clique e assine por apenas 6,90/mês

Inhotim é evacuado após ruptura de barragem da Vale

Instituto de arte a céu aberto tem 600 funcionários e cerca de 1000 visitantes por dia

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 25 jan 2019, 15h06 - Publicado em 25 jan 2019, 14h50

O parque de Inhotim teve que ser evacuado às pressas em meio aos temores de que a lama proveniente da ruptura de uma barragem da Vale em Brumadinho (MG) atingisse o parque. O jardim e museu de arte contemporânea a céu aberto são as maiores atrações turísticas da região, reunindo obras de arte dos mais importantes artistas contemporâneos. O local não foi ainda atingido, mas não se sabe se a lama pode alcançar o parque. São 600 funcionários e cerca de mil visitantes por dia. Mas não se sabe quantas pessoas estavam no parque no horário do fechamento.

O Ibama enviou uma equipe para Brumadinho, em Minas Gerais, tão logo foi informado sobre o rompimento da barragem da Vale. A equipe foi enviada a despeito do licenciamento da empresa ter sido feito pelo Eestado – mesmo caso da Samarco – e não pelo governo federal, em razão da gravidade do caso e também porque o rio em que houve o desabamento desemboca no São Francisco, administrado pela União.

Publicidade