Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Incêndio do Guarujá é extinto após 37 horas

Corpo de Bombeiros lançou água no interior dos contêineres em chamas e terminou com o fogo na madrugada de hoje (16)

Por Veja São Paulo Atualizado em 1 jun 2017, 16h23 - Publicado em 16 jan 2016, 13h05

Após 37 horas, o Corpo de Bombeiros conseguiu extinguir, às 4h deste sábado (16), o incêndio que atingiu os contêineres da empresa Localfrio, no Porto de Santos. A estratégia utilizada pela corporação foi abrir os últimos contêineres em chamas para lançar água em seu interior. Apesar de liberar mais fumaça, terminou com o fogo mais rapidamente.

+ Saiba tudo sobre o incêndio no Guarujá

chamas no guarujá
chamas no guarujá

Devido à falta de visibilidade nos municípios de Santos e Guarujá, a Capitania dos Portos de São Paulo fechou o tráfego martímo no porto. Ele só foi reaberto no final da manhã de hoje (16), quando a nuvem de fumaça tóxica se dissipou. Dezenas de caminhões de carga estão estacionados na Avenida Santos Dumond, já que são impedidos de realizar a descarga de mercadorias.

Guarujá - Vazamento
Guarujá – Vazamento

O vazamento de produtos químicos seguido de incêndio começou na tarde de quinta (14). O distrito de Vicente de Carvalho, em Guarujá, ficou isolado pela fumaça e teve pelo menos 600 casas evacuadas; 39 pessoas foram atendidas com intoxicação. A nuvem chegou à cidade de Santos e paralisou o porto.

Segundo a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), o acidente foi relatado às 15h15 e teria sido provocado pela reação da água da chuva com os produtos químicos de um contêiner – o que também levou ao incêndio.

Continua após a publicidade
Publicidade