Homem morre após ser levado por enchente na Zona Norte

A região foi uma das mais prejudicadas pelas chuvas intensas que atingiram a capital na noite de terça-feira (18)

Um homem morreu após ser levado por uma enchente no bairro de Perus, na Zona Norte de São Paulo. A região foi uma das mais prejudicadas pelas chuvas intensas que atingiram a capital paulista na noite de terça-feira (18) e durante a madrugada desta quarta-feira, dia 19.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a Zona Norte contava com ao menos dois pontos de alagamento intransitáveis até as 5h. O CGE informou que todas as regiões da cidade ficaram em estado de atenção das 22h51 de terça às 1h53 desta quarta. 

O Córrego Perus transbordou e causou enchentes, deixando a região em estado de alerta da 1h até 1h53. O Corpo de Bombeiros informou que encontrou um corpo entre as margens e a vegetação do córrego. A corporação afirmou também que, em razão do mau tempo, realizou 36 atendimentos para alagamentos e enchentes e dezenove para desabamentos até 8h40.

Recorde de calor

Na terça-feira, a cidade de São Paulo bateu recorde de calor para o ano, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Às 16h foi registrada a temperatura de 34,4°C no Mirante de Santana, na Zona Norte, que anotou o nono dia consecutivo com temperatura máxima igual ou acima de 30°C.

A quarta-feira amanheceu com céu nublado e temperatura em elevação. A previsão para a capital paulista é de mínima de 21°C e máxima de 31°C, segundo o Climatempo. Também são esperadas chuvas entre o fim da tarde e o início da noite, que devem ser acompanhadas de rajadas de vento, queda de granizo e raios. 

Os próximos dias seguem com condições típicas de verão: sol e calor com pancadas de chuva no fim da tarde. Na quinta-feira, 20 o tempo não muda muito e persistem as condições de sol e calor no decorrer do dia, de acordo com informações do CGE. As temperaturas variam entre mínimas de 22ºC e máximas que podem superar os 34ºC. No final da tarde a chegada de uma brisa marítima causa aumento de nebulosidade e pancadas de chuvas com trovoadas e rajadas de vento.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s