Continua após publicidade

Greve no metrô deixa ônibus lotados, congestionamento e rodízio é suspenso

Metrô concordou em liberar as catracas, conforme reinvindicação do sindicato dos trabalhadores, mas estações seguem fechadas

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 23 mar 2023, 11h50 - Publicado em 23 mar 2023, 09h16

A greve dos metroviários deflagrada nesta quinta-feira (23) suspendeu o funcionamento das Linhas 1 – Azul, 2 – Vermelha, 3 – Verde e  15 – Prata, deixou ônibus lotados e causou congestionamento na capital. O rodízio de veículos foi suspenso durante todo o dia.

De acordo com o Sindicato dos Metroviários, o Metrô aceitou o acordo para liberar as catracas e assim encerrar a greve, mas as portas das estações seguem fechadas. A normalização deve ocorrer por volta das 11h.

O sistema de trens da CPTM segue aberto, assim como as linhas de metrô 4 – Amarela e 5 – Lilás, operadas pelas empresas privadas ViaQuatro e pela ViaMobilidade. Mas quem chega destas linhas para fazer baldeação com as linhas de metrô paralisadas, se depara com as transferências fechadas.

greve metrô
Passageiros aguardam a abertura dos portões na estação Belém integrante da linha 3 vermelha do metrô (Clayton Freitas/Veja SP)

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), as vias da Zona Sul têm 192 quilômetros de trânsito, e na Zona Leste a lentidão é de 161 quilômetros.

Continua após a publicidade

O Metrô chegou a pedir ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT2) para fixar um quantitativo mínimo de funcionamento dos trens durante a greve, mas o tribunal negou, afirmando que a liberação das catracas, como foi proposto pelo sindicato, seria a melhor medida para afastar danos à população.

A greve foi deflagrada após os trabalhadores não chegarem a um acordo com o Metrô sobre o pagamento do abono e a revogação de demissões feitas em 2019.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.