Clique e assine por apenas 6,90/mês

Alexandre Frota “convida” Tabata Amaral para o PSL

Deputada ignorou determinação de seu partido, o PDT, e votou a favor da reforma da Previdência

Por Redação VEJA São Paulo - 11 Jul 2019, 15h07

O deputado federal Alexandre Frota, do PSL, afirmou no Twitter, nesta quinta (11), que seu partido – e de Jair Bolsonaro – estaria “de braços abertos” para receber Tabata Amaral, do PDT, após a parlamentar ter votado a favor da reforma da Previdência, na última quarta (10), ignorando a determinação de sua legenda.

Desde a votação, Tabata segue entre os assuntos mais comentados das redes sociais. Por conta de seu posicionamento, ela corre o risco de ser expulsa da sigla, uma vez que o presidente do PDT, Carlos Lupi, afirmou que retiraria do partido quem aprovasse a reforma.

Além disso, Lupi anunciou que abrirá um processo no Conselho de Ética sobre o caso. “Tomaremos as medidas cirúrgicas contra aqueles que não respeitaram o PDT e sua história”, escreveu.

Veja as publicações:

Continua após a publicidade

Publicidade