Clique e assine por apenas 6,90/mês

Filho de João de Deus também é preso em Goiás

Sandro Teixeira de Oliveira é suspeito de coagir e corromper testemunhas que tinham denúncias contra seu pai

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 2 Feb 2019, 14h54 - Publicado em 2 Feb 2019, 14h53

Um dos filhos do médium João Teixeira, conhecido como João de Deus, foi preso preventivamente neste sábado (2) na cidade de Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia.

Sandro Teixeira de Oliveira era apontado pelo Ministério Público como suspeito de “coagir e corromper” testemunhas.

João de Deus se entregou à polícia em 16 de dezembro. O médium é suspeito de abusar sexualmente de mulheres durante os atendimentos espirituais que realizada na cidade de Abadiânia, também em Goiás.

A polícia prendeu Oliveira depois de uma decisão tomada nesta sexta-feira (1) pelo Tribunal de Justiça de Goiás, assinada pela juíza Rosângela Rodrigues.

Continua após a publicidade

Oliveira tinha sido denunciado pelo Ministério Público no fim de janeiro. Segundo a promotoria, o filho do médium estava armado quando coagiu uma testemunha um dia depois de ela ter comparecido a uma delegacia. O Ministério Público sustenta ainda que Oliveira ofereceu “vantagens para obter o silêncio dessa testemunha”.

A reportagem não localizou o advogado de defesa do filho de João de Deus.

Publicidade