Continua após publicidade

Correio elegante: veja dicas dos mestres da arte do xaveco

Fabiano Rampazzo e Ismael de Araujo, autores do livro 'Manual do Xavequeiro', ensinam como conquistar pelo Twitter, em até 140 caracteres

Por Gabriela Simionato
Atualizado em 5 dez 2016, 18h41 - Publicado em 16 jul 2010, 22h19

‘O correio elegante é um ótimo instrumento de sedução’, conta o jornalista Ismael de Araújo, coautor com Fabiano Rampazzo do livro ‘Manual do Xavequeiro’. Na onda das festas de São João, Ismael ensina como se comportar na hora de enviar uma mensagem anônima para a sua paquera.“Em qualquer tipo de xaveco, e isso inclui a internet, você não pode dar o passo maior que a perna, invadindo o espaço do outro. Se você só conhece a pessoa pela internet, não tem cabimento twittar ou mandar uma direct message convidando a pessoa para ir ao motel ou para a sua casa… Isso pode passar uma ideia que não vai de encontro com a do outro.” 

Segundo Ismael, a arte do xaveco tem que ser elaborada, para isso é preciso deixar bem claro as intenções para que ninguém se decepcione. “De repente eu encaminho a conversa como se eu quisesse ser amigo, e acontece um mal-entendido. Aí, as duas pessoas saem infelizes: uma porque perdeu um amigo e a outra porque perdeu um namorado.” Para ele, conversar bastante e, se houver um bom entendimento, marcar um encontro, sempre em um local público, pode ser o início de um relacionamento bem-sucedido.

Ismael lembra também que é importante saber escrever, especialmente por conta do espaço reduzido que a rede social oferece, como é o caso do Twitter. A dica? Seguir pessoas que você admira e se comportem de uma forma legal no microblog, assim você aprende a se comunicar melhor e a escrever coisas interessantes.

O jornalista diz acreditar que o fundamental é fazer o outro rir, pois o sorriso abre as portas para uma relação ser construída. Se a pessoa a ser conquistada tiver um perfil mais tímido e intelectual, ele sugere: “Dê uma dica de um filme. Se ela assistí-lo, comecem a conversar sobre o que viram e a convide para ver um outro filme que você queria ver… Em 4, 5 tweets, você criou uma relação e descobriu uma zona de interesse. A partir daí, é sair do virtual e ir para o real curtir algo juntos”.

Continua após a publicidade

Mas, se a insegurança bate, fica a dúvida: vale a pena se identificar? Ismael responde que sim. “O anonimato é legal até certo ponto, pois o charme do correio elegante é o mistério, mas uma relação só pode ser construída com uma identificação. Se não falo minha identidade, não sou conhecido e esse é o perigo do computador. Não podemos nos esconder por trás do virtual.” Ele diz que a hora certa de se revelar fica por conta do admirador secreto, que deve sentir quando está agradando e mandar um: “Está muito legal a brincadeira, mas vamos nos conhecer? Eu me chamo…”.

Para os xavequeiros de plantão, Ismael faz o alerta: na hora de enviar uma mensagem, é bom ter em mente que nenhuma cantada é infalível. “O cara pode ser um ótimo xavequeiro e também tomar um fora. Pode ser o Reynaldo Gianecchini. Não existe uma pessoa que não tenha passado por isso. Para o xaveco dar certo, o outro tem que querer ser xavecado, estar com o coração aberto para isso.”

Mesmo que o resultado não seja positivo, para Ismael o importante é a experiência. “Coloque uma música, imagine ‘o que twittar?’, sinta o friozinho na barriga, faça isso ser divertido e você terá mais chance de sucesso.”

Continua após a publicidade

 

Confira dicas de frases para o correio elegante de Ismael de Araújo e Fabiano Rampazzo:

1- Impossível explicar em 140 caracteres por que você vai gostar de me conhecer… Me passa seu e-mail? Só preciso de uma chance! : )

Continua após a publicidade

2- Você aí, na frente desse monitor, e um mundo gritando lá fora… Topa um cinema esse finde?

(abordagem curiosa, para puxar assunto)

3- Se você fosse um bicho qual seria? Prometo que depois revelo qual seria o meu!

Continua após a publicidade

4- Tô twittando aqui de um pico que você tem que conhecer! Vamos vir aqui essa semana? Dá pra você? Bjos!

(abordagem malandra, para alguém que você ainda não conhece)

5- Nossa, peraí… Você é quem eu tô pensando que é?

Continua após a publicidade

6- Órgão reprodutor, complexo, das fanerogâmicas ou espermatófitas, constituído por androceu e gineceu. É o jeito de te mandar flores por aqui

7- Ó só, vou ser direto: posso te xavecar? Me dá uma semana de chance para me conhecer, o que você decidir depois tá falado, eu aceito. Topa?

 

Veja três cantadas que queimam o filme:

1-  Você enterra cocô na areia? Porque você é uma gatinha…

2- Nossa, você parece ser muito gata nessa foto! Me fala seu telefone, e-mail, adoraria te conhecer.

3- Onde está seu papel? Porque você é um bombomzinho…

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.