Continua após publicidade

Descida para o litoral paulista apresenta trânsito lento

Imigrantes apresentava trechos ruins do km 38 ao 43, no Planalto, e do km 66 ao km 70

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 Maio 2024, 19h26 - Publicado em 9 out 2021, 09h51

A previsão de chuva para o fim de semana não desencorajou os paulistanos, que começaram a deixar a capital na tarde de sexta (8) para aproveitar o feriado de 12 de outubro. A rodovia dos Imigrantes, sentido litoral, já apresenta alguns pontos ruins. As informações são do jornal Agora.

Por causa do excesso de veículos, o tráfego é intenso no trecho de Serra, sentido São Paulo, e há congestionamento, sentido litoral, do km 38 ao km 43, no planalto, e do km 66 ao km 70, na baixada.

O trânsito também era lento na chegada ao Guarujá pela rodovia Cônego Domênico Rangoni, do km 7 ao km 8. Desde as 16h desta sexta, a concessionária Ecovias passou a implantar a Operação Descida (7×3). Durante a operação, os veículos que seguem sentido litoral podem usar as pistas sul e norte da rodovia Anchieta (SP-150) e a pista sul da rodovia dos Imigrantes (SP-160). A subida da serra será feita pela pista norte da Imigrantes.

No último boletim divulgado pela concessionária, mais de 46,1 mil veículos desceram a Serra em direção à Baixada Santista da meia-noite de sexta até as 17h15. No sentido São Paulo, a concessionária registrou a passagem de 26,2 mil veículos. Só na última hora, desceram mais de 5,1 mil veículos e subiram mais de 2,4 mil veículos. A previsão é que mais de 380 mil veículos sigam para a Baixada Santista.

Continua após a publicidade

A Concessionária Tamoios, que liga a capital ao litoral norte, informou que o tempo está nublado com garoa e o tráfego intenso na serra sentido litoral. Uma operação especial com duas faixas no sentido litoral e uma no sentido São José dos Campos está funcionando para garantir fluidez ao tráfego de quem segue em direção à praia. A expectativa é que a rodovia receba 185 mil veículos.

O corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, administrada pelo Ecopistas, que faz a ligação até a rodovia dos Tamoios e à rodovia Presidente Dutra, administrada pela CCR Nova Dutra, também tem movimento intenso. Na rodovia Ayrton Senna, sentido interior, o trânsito já apresentava lentidão do km 22 ao km 28 e na alça de acesso a Itaquá (km 35). A Dutra, por sua vez, tinha 11 trechos congestionados no sentido São Paulo-Rio antes da chegada a Aparecida.

A expectativa da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) era que as rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto concentrassem a maior quantidade de veículos neste feriado, por serem as principais rodovias que dão acesso ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida. A concessionária Ecopistas, que administra o trecho, estima que 1.070 milhão de veículos passem pelas quatro praças de pedágio do corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, nos dois sentidos, entre sexta (8) e terça-feira (12).

Continua após a publicidade

A situação também é complicada para quem segue sentido interior paulista. A Anhanguera, administrada pela Autoban, tinha vários pontos críticos. Em um deles, o tráfego está congestionado em Campinas na pista expressa do km 93 ao 98. Em São Paulo a situação também era ruim com tráfego congestionado na pista expressa entre os km 18 a 23. Na Bandeirantes, a situação era ruim na região de Itupeva entre os km 88 a 85. Na Castello Branco, administrada pela CCR Via Oeste, o ponto mais crítico sentido interior era Barueri com trânsito intenso entre os km 17 e 24. Na mesma região, no entanto, sentido capital, a situação era ruim entre os km 25 e 24.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.