Clique e assine por apenas 6,90/mês

Criminosos invadem AMA Paraisópolis e sequestram médica e enfermeiro

Profissionais de saúde foram levados para dentro da favela para prestar atendimento a homem baleado

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 14 fev 2020, 15h47 - Publicado em 15 dez 2019, 11h36

Na madrugada de sexta (13), perto das 3h30, dois criminosos armados invadiram a AMA Paraisópolis. Eles sequestraram uma médica e um enfermeiro que foram levados para prestar atendimento a um terceiro bandido, um rapaz de cerca de 30 anos, que estava escondido na favela. Ele havia passado pela unidade de atendimento na semana anterior com ferimentos de bala e tinha sido encaminhado para o Hospital do Campo Limpo, de onde fugiu antes de receber alta.

Ama Paraisópolis: médica e enfermeiro foram levados por dois homens armados Reprodução/Facebook/Divulgação

A médica convenceu os criminosos que seria melhor levar o ferido de volta à AMA, para receber tratamento adequado. Após o procedimento, os profissionais foram liberados, sem ferimentos.

 

Publicidade