Clique e assine por apenas 5,90/mês

Corujão da saúde não deve atender na madrugada

Horários serão entre 18h e 22h, em geral

Por João Batista Jr. - 2 jan 2017, 09h41

Uma das principais promessas de campanha de João Doria, o Corujão da Saúde deve começar o atendimento no dia 10 deste mês. Wilson Pollara, secretário de saúde, afirmou que até lá irá fazer uma classificação dos pacientes que estão na filas de espera para exames e outros procedimentos. “Há pessoas que estão na fila há seis anos, o que mostra que hoje a situação dela não deve ser a mesma e talvez já tenha sido atendida”, contou Pollara.

Médico Wilson Pollara
Pollara, novo secretário de saúde: corujão não terá consultas no meio da madrugada Reprodução

O secretário fez uma reavaliação da demanda. Ele afirma que as remarcações não precisarão ocorrer no meio da madrugada e promete zerar as filas em três meses. “A maior parte dos casos são de espera são para o uso de ultrassom, algo simples de resolver”, avalia. O HCor marcará consultas por volta das 22 horas da noite. “Outros terão atendimento às 18 horas, nada tarde.”

Publicidade