Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Conpresp libera demolição do tobogã no Pacaembu

O órgão de preservação decidiu quais mudanças serão liberadas quando o estádio for concedido à iniciativa privada

Por Sara Ferrari Atualizado em 6 set 2017, 14h31 - Publicado em 6 set 2017, 11h50

O Conpresp, conselho municipal de preservação do patrimônio histórico, liberou a demolição da arquibancada anexa, conhecida como tobogã, e a instalação de uma nova cobertura no estádio do Pacaembu.

A intenção da gestão do prefeito João Doria (PSDB) é conceder o local à iniciativa privada.

O órgão ligado à Secretaria de Cultura autorizou a derrubada total ou parcial do tobogã “desde que justificado no novo programa de uso, qualificando a conexão entre estádio e complexo esportivo”. A vencedora da futura licitação pela administração do estádio também poderá propor uma cobertura, fixa ou móvel.

As alterações incluem a criação de estruturas que possam melhorar a integração entre as ruas laterais ao estádio e o complexo esportivo adjacente. De acordo com o órgão, a nova proposta deverá levar em consideração o projeto original, “no qual o conjunto possuía uma integração muito maior, tanto visual quanto fisicamente, que foi rompida nos anos 1970 com a construção do tobogã”.

As diretrizes serão encaminhadas para a Secretaria Municipal de Desestatização, responsável por realizar a concessão.

A pasta já havia negado a possibilidade de construção de novos lances ou pavimentos de arquibancada ou quaisquer intervenções na Praça Charles Miller, localizada em frente ao estádio.

Continua após a publicidade

Publicidade