Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Com status de celebridade, Dom Bertrand é tietado na manifestação

Príncipe Imperial defende o governo Bolsonaro, mas vislumbra volta da monarquia ao poder

Por Matheus Prado 26 Maio 2019, 18h45

O príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança passou a tarde deste domingo (26) tirando selfies e cumprimentando populares na Avenida Paulista. Acompanhado por um grupo de assessores, ele foi muito requisitado e reverenciado pelos manifestantes que participaram do ato favorável ao governo Bolsonaro.

Em entrevista a VEJA SÃO PAULO, o monarca afirmou que o governo não teve tempo para implementar as medidas a que se propôs durante as eleições, e por isso o povo (e a família real) foram às ruas para demonstrar apoio ao presidente. Questionado sobre uma possível volta da monarquia, Bertrand se mostrou esperançoso. “Você não encontra um brasileiro que diga que a república deu certo”, afirma.

Pessoas de todas as idades interagiram com Bragança. O estudante Gabriel Carvalho vestia uma camisa em se lia “Quero monarquia já”. Ele conta que, na sua opinião, foi a família real que organizou o Brasil. Questionado sobre a volta dos monarcas ao poder, não descartou. “Se os militares conseguiram, os monarquistas também podem”. Já o advogado Otávio Ramos opinou que a democracia é o melhor modelo de governo, “mas é preciso reconhecer a importância da família real e do príncipe Dom Bertrand”.

Continua após a publicidade

Publicidade