Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Cantor Nelson Ned morre aos 66 anos

Internado há menos de 24 horas, ele teve complicações respiratórias na manhã de domingo (5)

Por Redação VEJA SÃO PAULO.COM Atualizado em 5 dez 2016, 15h20 - Publicado em 5 jan 2014, 13h03

Morreu na manhã de domingo (5) o cantor mineiro Nelson Ned, de 66 anos. Ele estava internado desde a tarde de sábado (4) no Hospital Regional de Cotia, na Grande São Paulo. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, que administra o hospital, ele deu entrada na unidade já em estado grave por causa de uma pneumonia. Menos de 24 horas depois, teve complicações no sistema respiratório e não resistiu.

Natural de Ubá (MG), Nelson Ned era conhecido pelo vozeirão e pela altura (1,12 metro). Seu grande sucesso foi a canção Tudo Passará, gravada no fim dos anos 60. Fez shows em todo o mundo – inclusive apresentações lotadas no Carnegie Hall, em Nova York – e gravou discos em português e espanhol. Estava afastado da vida artística há dez anos, desde que sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) que comprometeu sua voz. No fim de 2013, já bastante debilitado, passou a viver em uma casa de repouso em Cotia. 

O cantor será cremado às 17 horas no Cemitério e Crematório Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. 

Publicidade