Clique e assine com até 89% de desconto

Biblioteca Mário de Andrade projeta em sua fachada cores da Palestina

A iluminação noturna especial é uma homenagem às vítimas do confronto no Oriente Médio

Por Redação Veja São Paulo Atualizado em 5 dez 2016, 14h12 - Publicado em 9 ago 2014, 11h57

Localizado na Rua da Consolação, no coração do centro de São Paulo, o imponente prédio da Biblioteca Mário de Andrade ganhou uma iluminação noturna diferente no mês de agosto.

+ Biblioteca Mário de Andrade reedita livros antigos 

+ Programas para fazer de noite no centro de São Paulo

Com projeções em vermelho e verde, que colorem seus 22 andares, a instituição resolveu prestar uma homenagem às vítimas civis do confronto entre Israel e Palestina. As cores, no entanto, são uma alusão apenas à bandeira palestina (que também possui tons de branco e preto).

O conflito na Faixa de Gaza, que recomeçou em junho, já matou quase 2 000 pessoas.

 

Continua após a publicidade
Publicidade