Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Bando explode duas agências bancárias no interior de São Paulo

Jambeiro é a sétima cidade do Vale do Paraíba atacada este ano por quadrilhas que assaltam bancos com uso de explosivos

Por Estadão Conteúdo 27 nov 2017, 12h45

Um bando fortemente armado explodiu duas agências bancárias e atirou contra a base da Polícia Militar (PM), na madrugada desta segunda-feira (27), em Jambeiro, no Vale do Paraíba, a cerca de 130 quilômetros da capital.

O ataque aconteceu por volta das 3h30 e assustou os moradores da cidade de 6 200 habitantes. Os criminosos explodiram primeiro os caixas eletrônicos da agência do Bradesco. Em seguida, se dirigiram ao Banco do Brasil e explodiram o cofre da agência. Os dois prédios ficaram destruídos pela força da explosão.

Durante a ação, os criminosos fizeram disparos com armas longas em direção à base da Polícia Militar. Os tiros impediram que os policiais saíssem do prédio.

  • Um PM relatou que os assaltantes tinham armas a laser e usavam a mira para intimidar os policiais que estavam na base. Eles fugiram em direção a Caçapava, também no interior paulista. Viaturas dessa cidade foram acionadas, mas não conseguiram localizar os suspeitos. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso. O valor levado das agências não foi divulgado.

    Jambeiro é a sétima cidade do Vale do Paraíba atacada este ano por quadrilhas que assaltam bancos com uso de explosivos. Desde maio, os criminosos explodiram um posto bancário em Pindamonhangaba e agências em Igaratá, São Francisco Xavier (distrito de São José dos Campos), São Bento do Sapucaí, Santo Antonio do Pinhal e Piquete. Nas duas últimas, os criminosos explodiram duas agências em cada investida.

    A Secretaria da Segurança Pública (SSP) do Estado informou que os ataques a caixas eletrônicos caíram 22,4% de janeiro a setembro, em comparação com o ano passado. Foram 69 ocorrências este ano, contra 89 ocorridas no mesmo período de 2016.

    Continua após a publicidade
    Publicidade