Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Aluno da USP encontrado em piscina nos EUA segue em “estado crítico”

Morador de Paraisópolis, Douglas Ribeiro foi para os Estados Unidos para apresentar trabalho em um congresso

Por VEJA SAO PAULO Atualizado em 5 dez 2016, 14h06 - Publicado em 10 set 2014, 14h26

O aluno do curso de lazer e turismo da Universidade de São Paulo, Douglas Ribeiro, de 20 anos, continua internado em estado grave no hospital Mobile Infirmary, nos Estados Unidos. Morador de Paraisópolis, o estudante foi encontrado inconsciente na piscina do hotel onde estava hospedado na cidade de Mobile, no Alabama, no sábado (6).

Ribeiro está nos Estados Unidos para apresentar em um congresso o seu trabalho sobre a favela de Paraisópolis.

+ “Uma vida é mais importante que tudo”, diz surfista que salvou banhista

O Itamaraty informou que funcionários do consulado geral brasileiro em Atlanta acompanham o caso. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o estado de saúde de Ribeiro ainda é considerado “crítico”.

+ Schumacher deixa o hospital após 254 dias internado

Apesar disso, amigos acreditam na recuperação do estudante. “Ele continua em coma, respirando com a ajuda de aparelhos. Mas apresentou uma melhora”, afirma Cristina Françoise Rodrigues, amiga de Ribeiro desde criança. “Me mudei de Paraisópolis há dois anos, mas sempre mantive contato com ele. Passamos o último réveillon juntos. No dia do acidente, eu mandei uma mensagem para ele no Facebook, mas não tive resposta.”

+ Confira o que acontece agora na cidade

Para ajudar a família do amigo, Cristina organizou uma vaquinha na internet para conseguir mandar a mãe de Ribeiro, Luciene Ribeiro, para os Estados Unidos. Em um dia, a página conseguiu arrecadar mais de 6 000 reais. “Ela vai acompanhar o tratamento do filho. E esse dinheiro vai ajudar. Felizmente as pessoas contribuíram.”

 

Continua após a publicidade
Publicidade