Clique e assine por apenas 6,90/mês

Polícia investiga agressão a adolescente na Linha 2-Verde do Metrô

Seguranças afirmaram aos policiais que garoto teria tentado fazer um furto dentro da estação

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 14 fev 2020, 15h48 - Publicado em 9 dez 2019, 11h54

A Polícia Civil começou a investigar seguranças da estação Tamanduateí da Linha 2-Verde do Metrô flagrados em um vídeo agredindo um adolescente de 14 anos neste domingo (8).

Passageiros que estavam na plataforma no momento da abordagem gravaram vídeos que mostram o garoto sendo imobilizado pelos funcionários do Metrô. Em uma das imagens, um segurança aparece usando força sobre o adolescente claramente rendido no chão.

Ainda nos vídeos é possível ouvir diversas pessoas pedindo para que os funcionários parem de agredir o garoto. Em nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que a polícia colheu depoimentos dos seguranças e do adolescente. Todos foram liberados. Comunicou também que já solicitou acesso à imagens de câmeras de segurança para prosseguir com as investigações.

Para a polícia, os seguranças afirmaram que abordaram o adolescente porque ele teria tentado furtar algo dentro da estação. Eles não souberam dizer o quê.

O caso foi registrado na 56º DP como tentativa de furto, lesão corporal e abuso de autoridade. Na abordagem, o adolescente ficou com marcas nas costas, no pescoço e no braço. Testemunhas afirmaram ao G1 que os seguranças foram agressivos demais, contestando a versão dos funcionários do Metrô.

A empresa disse por meio de sua assessoria de imprensa que a equipe de segurança da estação foi alertada por uma passageira, que teria visto o adolescente “com atitude suspeita” e justificou que o menor tentou reagir quando foi abordado.

“Ao ser abordado o menor reagiu e os agentes precisaram contê-lo. Uma PM, que desembarcava no local, tomou conhecimento do fato e prestou auxílio aos agentes de segurança”, diz o texto.

Sobre suposto excesso de força durante a abordagem, o Metrô afirmou que também está investigando a conduta dos funcionários.

Continua após a publicidade
Publicidade