Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Em iniciativa inédita, Rosas de Ouro terá realidade virtual na passarela

A escola transformou tema de livro criado na USP em samba-enredo

Por Guilherme Queiroz Atualizado em 3 jan 2020, 11h03 - Publicado em 3 jan 2020, 06h00

Os preparativos para o Carnaval estão a todo o vapor. Em 22 de fevereiro, um sábado, o público presente ao Sambódromo do Anhembi poderá usar o celular não apenas para registrar o colorido dos carros alegóricos mas também para experimentar o desfile em “outra dimensão”. Terceiro lugar no Carnaval de 2019 (e com sete títulos de campeã), a Rosas de Ouro trará como tema neste ano “os tempos modernos”.

O mote veio de um livro do Grupo de Automação Elétrica em Sistemas Industriais (Gaesi), coletivo de estudos da USP, sobre a chamada quarta revolução industrial. No Grupo Especial, a escola de samba, com 2 300 membros na avenida, vai contar pelo batuque a evolução tecnológica da humanidade. A plateia receberá um abanador com um QR Code, que possibilitará o uso do aplicativo Carnaval 4.0, lançado para Android e IOS.

Ao apontar a câmera do celular para a passarela, o espectador terá acesso a um universo virtual que “conversará” com a apresentação. “Sobre algumas fantasias, por exemplo, a plateia saberá como elas foram feitas e a pegada de carbono gerada”, explica Élcio Brito, organizador do livro da USP e coordenador da parte tecnológica do desfile, que envolve 121 pessoas. O ROXP4, robô-mascote do samba-enredo, também desfilará por meio da realidade aumentada.

Novidade na passarela: Machado com robô-mascote Igor Cantanhede/Veja SP

O projeto, orçado em 500 000 reais, consiste em uma parceria com empresas e instituições educacionais, como USP, FEI, Mauá e Insper. Na avenida, o carnavalesco André Machado mostrará o desenvolvimento da tecnologia por meio dos adereços e carros alegóricos. Da Inglaterra do século XVIII à internet, ele garante que os últimos quatro séculos serão contemplados na letra do samba e nas elaboradas fantasias.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 8 de janeiro de 2020, edição nº 2668.

Continua após a publicidade
Publicidade