Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Você É o Repórter Por Blog Entrevistas com famosos

“Caramelo é a cor do verão”, declara Biaggi

Vira e mexe, Marco Antonio de Biaggi é abordado por mulheres. Em geral, elas têm um objetivo: descobrir de que maneira obter cabelos dignos de uma estrela de televisão. Não é à toa, afinal ele recebe em seu salão nos Jardins uma clientela composta de apresentadoras como Adriane Galisteu e atrizes do naipe de Maria […]

Por admin Atualizado em 27 fev 2017, 13h27 - Publicado em 24 nov 2010, 15h45
Marco Antônio de Biaggi

Biaggi: certo e errado da próxima estação (Foto: Silvia Santana)

Vira e mexe, Marco Antonio de Biaggi é abordado por mulheres. Em geral, elas têm um objetivo: descobrir de que maneira obter cabelos dignos de uma estrela de televisão. Não é à toa, afinal ele recebe em seu salão nos Jardins uma clientela composta de apresentadoras como Adriane Galisteu e atrizes do naipe de Maria Fernanda Cândido. Biaggi adianta a seguir algumas tendências do verão 2011, numa entrevista formada com perguntas dos leitores de VEJA SÃO PAULO.

Quais as tendências de corte e tintura para o verão?
(Renata Mauricio, via e-mail)
Marco Antonio de Biaggi — Quando a gente olha as famosas mais copiadas do planeta, o que têm em comum? Repicado, com algum tipo de franja (longa, desfiada ou reta). Fio reto já era, é passé. Ah, e todas com mechas, a arma secreta das celebridades: doura a expressão, evidencia a cor dos olhos e reflete a luz dos flashes ou do ambiente.

Qual a cor de cabelo da modelo Caroline Bittencourt?
(Andrea Sant’ Anna, via comentários do blog)
Marco Antonio de Biaggi — Ela não tem cor. A Carol é loira ver-da-dei-ra, provavelmente a única que conheço no universo. Dá para conseguir resultado igual ao dela com uma técnica chamada invisi highlights. Ou seja, mechas bem fininhas, da raiz às pontas, no tom camomila.

Soube que mechas californianas não serão mais moda no verão. Qual tipo estará em alta?
(Gabriela Pegoraro, via comentários do blog)
Marco Antonio de Biaggi — Aquela coisa surfista realmente já era mesmo. Veremos agora o famoso loiro de rica, como o da (atriz) Jennifer Aniston. O velho caramelo é tom do momento. É feito com nuances diversas de dourado, como o syrup, cor daquela calda que os americanos colocam em cima da panqueca.

Qual a cor ideal para renovar um cabelo todo trabalhado nas luzes? Acho que está muito claro e queria passar tinta.
(Michelle Imilio, via comentários do blog)
Marco Antonio de Biaggi — O que a gente usa nesse caso é o inverso do higlight: o low light. Ou seja, mechas ao contrário. O cabelo dela provavelmente ficou loiro demais, então o ideal para quebrar essa monotonia são mechas que escureçam.

Que tom de castanho está na moda?
(Luciana Torquato, via e-mail)
Marco Antonio de Biaggi — Indiscutivelmente o cabelo Carolina Dieckmann. Uma variação de chocolate chamada iced coffee. Quando Passione começou, as pessoas estranharam um pouco, mas depois virou the hottest sensation. Para dar uma quebradinha nos tons, vale puxar mechas douradas muuuuito fininhas douradas. Só para dar um tom sobre tom.

Quando faço luzes, apesar de constantes hidratações, meus fios ficam quebradiços. De que maneira posso ter cabelo bonito como o da Adriane Galisteu?
(Leticia Golfetti, via e-mail)
Marco Antonio de Biaggi — O segredo da Adriane é saber esperar: ela só refaz as mechas a cada três meses. Não dá para retocar com apenas um dedinho da cor original aparente. Aí os fios vão se fortalecendo. Outra dica é fazer como muitas européias, que substituíram o condicionador por máscaras de tratamento. Aplicam no banho mesmo, durante dois minutinhos. Quando for ao cabeleireiro, peça para ele não cortar quase nada do comprimento, tirar apenas as pontas e dar um repicado por cima.

Continua após a publicidade

Qual é a cor do momento para as orientais?
(Camila Hayacida, via e-mail)
Marco Antonio de Biaggi — A Sabrina Sato foi um divisor de águas nesse sentido. Antes, japonesa no Brasil não podia ser loira. Agora ela escureceu um pouco, devido a uma campanha publicitária. A dica para as orientais é fugir dos tons dourados, porque a pele delas tende a ser amarela e ficariam monocromáticas. Recomendo mesclar diversos tipos de caramelo, como era a Sabrina antes.

O que aconselha para quem tem cabelos brancos e os pinta: deixá-los grisalhos ou continuar a tingir?
(Lucia Rachid, via comentários do blog)
Marco Antonio de Biaggi — Cabelo branco, nunca! Hoje em dia, as mulheres de 40 parecem ter 30 e daí por diante. Só a (modelo) Carmen dell’Orefice fica bem. E a Meryl Streep em “O Diabo Veste Prada”. Se a pessoa não quiser pintar de jeito nenhum, vale abusar das rinsagens em tons de cinza e prata. Assim dá para reduzir os fios grisalhos.

Usar laquê e outros produtos para segurar os cabelos causa queda?
(Phê Mekhitarian, @PheMekh)
Marco Antonio de Biaggi — Hoje em dia acabou isso, porque as fórmulas dos produtos ficaram bem sofisticadas. Queda costuma ser intensificada por química feita em salão. Ou por algo interno, como estresse e deficiência de vitaminas.

Arrematar o look com flores e acessórios no cabelo estará em alta mesmo?
(Ana Paula Piai, via e-mail)
Marco Antonio de Biaggi — Demais! Fiz todas as revistas femininas com acessórios. Agora, as flores devem ser usadas atrás da orelha e não mais no topo da cabeça. As cores do momento são nuances de lavanda, pink e turquesa. Tirinhas de látex estão em toda parte, das campanhas de grifes às lojas da Liberdade e da 25 de Março. O que não vale: acessórios com cristaizinhos e brilhinhos. É brega. Orquídeas naturais, só se a pessoa for ficar pouco tempo no lugar. Baladeiras, por exemplo, devem preferis as artificiais.

Que cabelo indica para os homens, em especial os de fios escuros e encaracolados?
(Roberto Rocha, via comentários do blog)
Marco Antonio de Biaggi — Use e abuse dos groomings, pomadas que marcam as ondas. Gel de efeito molhado e cabelo certinho já eram. Você também pode testar um condicionado sem enxágüe, que diminui o volume e dá brilho. Agora, em matéria look masculino, o que não agüento mais é ver esses cabelos Justin Bieber. Isso só funciona em quem tem corpo de modelo da Calvin Klein e, no máximo, 18 anos.

+ José Simão: “Eu matei a Odete Roitman”

+ Marília Gabriela: “Pegaram o Giane para Cristo”

+ Restart: “Vamos investir na carreira internacional”

Continua após a publicidade
Publicidade