Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Vida Boa Por Bárbara Öberg A repórter Bárbara Öberg fala sobre bem estar, exercícios, saúde e novidades para melhorar a rotina.

A inspiração para os desenhos de mulheres que acabaram de fazer tatuagens

Confira o que dizem três recém-tatuadas

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 21 Maio 2018, 10h47 - Publicado em 18 Maio 2018, 06h00

Lisangela Dandrea. Após terminar um casamento de doze anos, a pedagoga tatuou uma gaiola, uma borboleta e flores, simbolizando, respectivamente, a liberdade, a transformação e o renascimento. “Representam um bonito processo de autoconhecimento”, diz.

Mariana Lourenço. A estudante escolheu homenagear os pais ao desenhar as coordenadas geográficas dos locais de nascimento deles. Na parte posterior do braço, pintou os números correspondentes ao Rio de Janeiro e ao interior de Minas Gerais.

Divulgação/Veja SP

Anna Laura Wolff. A blogueira de turismo desenhou o mapa-múndi nas costas para lembrar que sempre há um cantinho do mundo para desbravar.

Divulgação/Veja SP

Agradecimento Estúdio Led´s Tattoo

Continua após a publicidade
Publicidade