Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Tudo Sobre Cinema

Netflix e HBO: ótimas minisséries desvendam crimes chocantes

Mistério e Morte no Hotel Cecil e Eu Te Amo, Agora Morra trazem à tona estarrecedoras histórias reais

Por Miguel Barbieri Atualizado em 25 mar 2021, 11h55 - Publicado em 11 mar 2021, 11h30

Adoro séries documentais sobre crimes. Já vi várias e, agora, posto aqui duas muito boas que vi recentemente.

Cena do Crime — Mistério e Morte no Hotel Cecil > A canadense de origem chinesa Elisa Lam estava de férias na Califórnia quando, em fevereiro de 2013, se hospedou no Cecil Hotel. Outrora um abrigo de luxo construído em 1924, o local havia se deteriorado com o decorrer das décadas, tinha hospedagem barata e virado ponto de traficantes, prostitutas, crimes e suicídios, além de estar localizado na região mais barra-pesada do centro de Los Angeles, ao lado da Skid Row, a cracolândia de lá. Elisa desapareceu dias depois, mas seus pertences ficaram no hotel, intrigando a polícia: o que teria ocorrido com a turista, já que as câmeras de segurança não registraram sua saída do Cecil? Elisa teria sido assassinada ou estaria escondida nas dependências? Muitas perguntas para respostas ligeiras são encontradas na minissérie documental em quatro episódios, de quase uma hora cada. Há uma porção de entrevistas: policiais, a ex-gerente, um casal de turistas ingleses, investigadores e os “detetives” da internet relembram o caso com riqueza de detalhes. Há uma tendência forçada em tornar algo realista numa experiência paranormal. Os desenlaces, porém, são estarrecedores, com situações que parecem extraídas dos filmes de terror. As dúvidas despontam e, de uma certa maneira, são esclarecidas. Netflix.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Eu Te Amo, Agora Morra — O Caso Michelle Carter > Em 13 de julho de 2014, Conrad Roy III, de 18 anos, parou seu carro no estacionamento de um supermercado de Fairhaven, em Massachusetts, e acionou os equipamentos para liberar monóxido de carbono. Telefonou para sua namorada, Michelle Carter, de 17 anos, que morava numa cidade próxima. Ela o encorajava a cometer suicídio. Conrad chegou até a desistir, mas Michelle o obrigou a voltar ao veículo e terminar o que tinha prometido. E assim foi. A minissérie documental em dois episódios é um prato cheio para quem gosta de histórias de tribunal verdadeiras. Michelle e Conrad se conheceram na Flórida, mantinham um namoro a distância e trocavam mensagens diariamente pelo celular. Dois adolescentes deprimidos e desajustados que encontraram forças para sobreviver em meio a promessas no estilo Romeu e Julieta. O que está em jogo é: Michelle foi responsável por tirar a vida do amado? A opinião pública se dividiu, mas ela estampou as manchetes como a grande vilã. Ao destrinchar um romance da era digital, a trama expõe a fragilidade desses jovens e, por tabela, a toxicidade do ambiente virtual. HBO GO.

Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

 

Continua após a publicidade

Publicidade