Clique e assine por apenas 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Restaurante Varanda adota estratégia para políticos não serem hostilizados

Aumenta a cada semana na cidade a lista de políticos e outras personalidades ligados ao PT hostilizados em público. Não importa o local. Pode ser a plateia de um teatro, o salão de um restaurante e até a lanchonete de um hospital. Alguns empresários começam a se movimentar para evitar esse tipo de constrangimento em seus negócios. Dono do Varanda, […]

Por João Batista Jr. - Atualizado em 26 fev 2017, 16h20 - Publicado em 5 jun 2015, 00h55
Lazzarini: mesas isoladas (Foto: Mario Rodrigues)

Lazzarini: mesas isoladas (Foto: Mario Rodrigues)

Aumenta a cada semana na cidade a lista de políticos e outras personalidades ligados ao PT hostilizados em público. Não importa o local. Pode ser a plateia de um teatro, o salão de um restaurante e até a lanchonete de um hospital. Alguns empresários começam a se movimentar para evitar esse tipo de constrangimento em seus negócios. Dono do Varanda, onde o ex-ministro e atual secretário municipal de Relações Governamentais Alexandre Padilha foi alvo de insultos no mês passado, Sylvio Lazzarini orienta agora sua brigada a receber figuras partidárias pela segunda porta da churrascaria do Itaim, usada só por estrelas do quilate do apresentador Fausto Silva e da atriz Regina Duarte. “Também recomendo que coloquem os políticos em mesas isoladas.” Nem todo restaurateur adotará estratégias especiais como essa. “Não mudarei nada porque acredito que esse comportamento precisa acabar”, diz Fábio Silveira, do Aguzzo Cucina e Vino, em Pinheiros, onde o também ex-ministro Guido Mantega foi vítima de um desaforo. “Nessas situações, perdemos todos: clientes, políticos e estabelecimentos.”

Publicidade